Eventos ao ar livre – ideias para aproveitar a estação mais quente do ano!

Guarde os casacos e tire a bermuda ou o vestidinho do armário: os dias mais quentes do ano não dão trégua e abrem caminho para os eventos mais descontraídos e estimulam o contato com a natureza.

eventick - eventos ao ar livre

Os termômetros não mentem: o verão não veio para brincadeira. Atire a primeira pedra aquele que ainda não sentiu vontade de largar tudo e correr para aproveitar os dias mais quentes do ano. Calor, mar, o Instagram dos amigos matando você de inveja, e diversão quase todos os dias da semana. Difícil resistir, hein?

Guarde os casacos e tire aquela bermuda ou o vestidinho do armário: os dias mais quentes do ano estão na área e eles abrem caminho para os eventos ao ar livre, que são mais descontraídos e estimulam o contato com a natureza.

É importante, porém, ter um bom planejamento e logística para que tudo saia perfeito, especialmente se ele for realizado na praia. Para começar, não se esqueça de checar várias vezes as particularidades do lugar escolhido e a previsão do tempo.

Elaboramos um pequeno guia para que esteja tudo azul no dia do seu evento, faça chuva ou faça sol. Dá uma olhada:

1. Cuide bem da infraestrutura do lugar

Quando falamos em eventos em locais abertos, escolher bem o lugar é essencial. Ambientes que tenham uma bela vista, sejam agradáveis ou ofereçam diferenciais como bons serviços e acomodações são ótimos para deixar o seu público mais confortável. A proposta tem tudo a ver com duas grandes tendências que temos observado em diversos eventos nos últimos tempos: eventos ao ar livre e em contato com a natureza.

Como é o acesso ao local? Os seus convidados poderão chegar de carro e terão onde estacionar? Existe algum espaço para guardar bicicletas ou motos? Como, em geral, esse tipo de evento é feito fora da cidade, não seria interessante/viável disponibilizar alguma van ou transporte alternativo? Isso pode fazer toda a diferença na hora de convencer as pessoas a irem ao seu evento.

Procure resolver esses pontos antes do dia do evento e, se possível, deixe os participantes informados para que possam se planejar. Isso pode ser feito pelas páginas do evento nas redes sociais, se houver, ou pelo site, caso o evento o possua. Se o evento durar dias e a estrutura permitir, pode ser um diferencial para a produção disponibilizar algumas informações sobre camping e/ou sobre hospedagem nos arredores do local. O público agradecerá bastante, pode crer!

Haverá banda e/ou necessidade de montar um palco? Verifique a existência de tomadas, interruptores e equipamentos quando visitar o espaço. Outro item importante: se o lugar for todo aberto, é legal disponibilizar pelo menos uma pequena área coberta para evitar transtornos em caso de mau tempo, como falaremos a seguir.

2. “Olha pro céu, meu amor”: de olho na previsão do tempo

Toda a atenção do mundo a este item. Sim, nós sabemos que tudo o que o produtor mais quer na vida é um dia um céu azul, limpo e claro, mas nem sempre podemos contar com essa sorte. Também não há motivo para desespero caso o tempo feche completamente no dia do seu evento. Planeje-se bem e tudo correrá bem. Como fazer isso?

Cheque a previsão do tempo a partir das semanas anteriores à data escolhida e repita o gesto até o dia D. Se o lugar tiver pouco espaço coberto, alugue toldos e crie uma ou mais áreas para acomodar o seu público em caso de chuva.

Proteja seus convidados, mas também cuide dos alimentos e bebidas (dicas sobre o assunto aqui) para que não fiquem molhados e/ou tenham sua conservação e apresentação prejudicadas. Lembres-se: a saúde e o bem-estar dos seus participantes vêm sempre em primeiro lugar.

Você pode, também, montar tendas com almofadas, luminárias, pufes e travesseiros divertidos para criar uma atmosfera mais festiva enquanto o tempo estiver chuvoso. Mantenha uma equipe atenta a vazamentos e/ou ao piso molhado para evitar acidentes.

Uma ideia original em um evento ao ar livre é disponibilizar guarda-chuvas, capas e até galochas personalizados para os seus convidados, os quais poderão ser levados para casa após o evento como brindes especiais. Afinal de contas, quem não gosta de receber um presente? Eles vão adorar a iniciativa!

3. Pêra, uva, maçã, salada mista: cardápio tropical é bom e eu gosto!

Como já dissemos lá em cima, eventos ao ar livre pedem um clima mais informal e isso reflete diretamente na escolha dos alimentos e bebidas. Primeiramente, ofereça muita (muita mesmo) água e deixe-a acessível aos participantes durante todo o evento.

Alimentos e bebidas frescos como frutas, legumes e sucos ou gelados como sorvete/picolé e drinks especiais caem super bem. Receitas especiais como frozens, smoothies, drinks com frutas e temperos como a canela e a pimenta são apenas algumas ideias para conquistar o seu público pelo estômago, como se diz. Frutas no palito como melancia e abacaxi são perfeitas para a ocasião. E o melhor de tudo: nem precisa romper com a balança para experimentar esses acepipes 😉

Se o evento for na praia, peixes e frutos de mar acompanhados de opções de salada também são ótimas pedidas. Nesse caso, certifique-se com antecedência de que há freezers e/ou coolers suficientes para armazenamento e resfriamento dos comes e bebes, evitando vários contratempos.

4. “Ela é toda colorida”: solte a sua criatividade na decoração

Sim, nós já falamos sobre decoração anteriormente aqui no blog, mas, no caso dos eventos ao ar livre, ela merece um tópico à parte.

Este ponto é bem importante nesse tipo de evento. Coloque a sua criatividade em prática e invista em elementos coloridos, leves e inovadores. O décor deve investir em elementos naturais como flores, plantas, frutas e materiais mais rústicos como conchas do mar e redes para combinar com os meses do verão.

A informalidade dessa época do ano ajuda muito a pensar “fora da caixa” e ter ideias originais, que não funcionariam no dia a dia nem muito menos em eventos empresariais, por exemplo. Inspirações não faltam: bons eventos realizados em praias e piscinas ao redor do mundo podem dar aquela forcinha extra.

Evite cores escuras e itens pesados como mármore ou couro na decoração. Para vestir, roupas claras e que se adaptem bem a climas quentes como bermudas, shorts, vestidos e saias. Nos pés, chinelos ou sandálias leves. Chapéus, óculos escuros e protetor solar completam o visual!

5. Que tal aproveitar para engajar na prática de esportes ao ar livre?

Você é daqueles que não quer nem se lembrar das atividades físicas quando pensa em aproveitar os momentos outdoors? Experimente participar de uma corrida ou bicicleata em um dia bonito. Acredite: as chances de mudar de ideia são altíssimas!

Uma tendência que tem sido muito vista no mercado de eventos é justamente o aumento de esportes/atividades físicas em grupo como uma das atividades oferecidas pela própria programação do evento, como uma forma de entreter os participantes e deixá-los mais saudáveis e felizes.

Você, produtor, pense com carinho nos seus convidados e leve em consideração essa dica. Se o público está mais feliz, maiores são as chances de o seu evento ser um sucesso e de ser super bem avaliado pelos participantes.

Escaladas, pequenas corridas, alongamentos e até concursos de dança (!) têm aparecido com frequência em diversos tipos de eventos. A presença do contato com natureza nessa história é a cereja do bolo.

6. “Mobile detox”: Estimule deixar o telefone de lado e aproveitar o melhor do evento!

Esse item é bem difícil, mas, caso você consiga colocá-lo em prática, a recompensa vale a pena. Que tal aproveitar os momentos de diversão ao ar livre para tentar se “desplugar” um pouco? Isso vale tanto para os produtores – que podem incentivar esta prática em seus eventos -, quanto para os participantes que querem curtir o que o evento tem a oferecer.

Alguns eventos que priorizam a experiência dos participantes estão “aconselhando” o público a deixar o celular de lado e aproveitar melhor os momentos offline durante os eventos.

Agora, nós te perguntamos: existe cenário melhor para deixar o celular de lado do que durante um evento incrível ao ar livre? É unir o útil ao agradável, concorda?

Você tem mais dicas e/ou inspirações? Compartilhe esse post com os amigos e comente conosco o que você achou!